Crônicas Ambientais.png

Se nos escritos anteriores (O Grande livro do Feng Shui Clássico - 2006 e Feng Shui Clássico nos Novos Tempos - 2015) o autor procurou apresentar propostas para uma nova perspectiva imanente do Kan Yu, nesta nova obra, Crônicas Ambientais, Marcos Murakami incentiva o leitor a mergulhar de maneira ainda mais imersiva e inusitada no mote, com textos delineados por indagações, mudanças de perspectiva, inversões e, sobretudo, provocações, que poderão instigar, intensamente, condições autônomas à pessoa por meio de choques-conceito.

 

Este livro, portanto, não se trata de um convite para transitar em piscinas rasas do previsível suave, que atuem como consumo rápido de respostas fáceis e positivismos para alívios cotidianos. A presente obra, na verdade, se dispõe a fomentar mergulhos em mares incomuns, visando alinhar (nesses momentos incertos) panoramas mais criativos e de abundância poética, a fim de proporcionar a esse ser nadador-aprendiz, de mundos diferenciados, uma profundidade do possível.

 

 

Autor

 

Marcos S. Murakami é Arquiteto-urbanista pela Universidade Mackenzie-SP. Especializou-se em análises energético-ambientais (Kan Yu) e em estudos de sincronicidade (Cosmologia Chinesa). Fundador do Instituto Eternal Qi – Centro de Pesquisas Conscienciais (2004). Autor das obras O Grande Livro do Feng Shui Clássico: Sabedoria e Técnica Tradicional (2006) e Feng Shui Clássico nos Novos Tempos: Uma Perspectiva Consciencial e Imanente (2015). Palestrante convidado na 3ª Conferência Internacional de Feng Shui Científico e Ambiente Construído, realizada na Universidade de Hong Kong (2007). Desenvolve estudos referentes à metafísica oriental e espiritualidade, a partir de uma abordagem integrativa consciencial, ministrando cursos sobre esses temas.